O câncer de mama ainda é uma realidade bastante incidente no universo feminino, e existem diversas técnicas em cirurgia plástica para a reconstrução das mamas após as cirurgias oncológicas buscando o restabelecimento do contorno mamário, sua harmonização com a mama sadia quando uma delas for preservada, reduzindo os efeitos psicológicos negativos das doenças das mamas.

As reconstruções mamárias podem ser feitas com a colocação de próteses, tecidos remanescentes da própria mama, tecidos do abdome ou dorso, ou a associação desses tecidos com próteses, sendo essa uma escolha realizada em conjunto com o paciente, seu mastologista e o cirurgião plástico.